Cloud Hosting x Shared Hosting

cloud-hosting-vs-shared-hosting

Hoje fui questionado do por quê pagar mais caro por um VPS, onde sou eu o responsável por configurar tudo e cuidar para que tudo fique funcionando como desejado, se posso pagar mais barato por um servidor compartilhado (a lá Locaweb), onde não me preocupo com nada, já que os servidores ficam tudo por conta da prestadora do serviço. Minha resposta foi direta: É exatamente por tudo ficar sob meu comando que é mais válido manter um servidor na nuvem. Ok, a hospedagem que tenho hoje, onde está o blog e o site é compartilhada, mas isso não significa que não queira migrar logo, são só algumas questões pessoais que ainda me impedem.

Felizmente meu amigo não se convenceu com minha resposta. Digo “felizmente” porque isto abriu espaço para mais argumentações (e eu nem gosto de debater assuntos do gênero, hehehe). Primeiramente, respondi a ele, quando um servidor está sob o seu controle, é possível fazer o que você bem entender nele. A responsabilidade é maior, óbvio, mas os recursos que você tem compensam. Eu gosto de utilizar Ubuntu, então eu instalo o Ubuntu na máquina. As vantagens começam por aí. Meu ambiente de desenvolvimento é todo sobre este sistema operacional, e instalo diversos pacotes nele que se integram às minhas aplicações (Git, PEAR e PECL para gerenciamento de pacotes, PHPCli, e por aí a fora). O que acontece se eu desenvolver todo um sistema utilizando diversos recursos instalados na máquina (por exemplo o Memcached) e, quando subir pro ambiente de produção, ter problemas porquê lá não poderei instalar os pacotes utilizados em ambiente de dev? Ah, meu amigo, não adianta ligar pra Locaweb (pode ser qualquer outra) e chorar pra eles te disponibilizarem o pacote necessário que é perda de tempo. Servidor compartilhado é isso. Acesso por FTP pra “upar” os arquivos, pacotes pré-instalados e na maioria das vezes desatualizados, e limitações com relação a qualquer tipo de configuração extra. (A Hostinger, mesmo sendo uma boa parceira, em seus instaladores automáticos o WordPress está na versão 1.x, sendo a atual 3.5).

No Cloud Hosting isso se inverte. Tenho uma máquina dedicada para mim (mesmo que seja por virtualização, não importa), onde a única limitação que tenho é sobre a escolha da versão do S.O., uma vez que a maioria das empresas que prestam este serviço disponibilizam uma série de sistemas operacionais para você escolher entre eles o mais adequado ao seu caso. Em geral há boa parte das distribuições famosas do Linux (Ubuntu, RedHat, Fedora, etc…) e versões Windows Server também. Se escolher Ubuntu hoje, provavelmente serei limitado à versão 12.10, sendo que a última lançada, 13.04, não estará disponível. Mas isso não impede em nada os benefícios do Cloud. Após a instalação do Sistema Operacional, posso configurar todo meu ambiente de desenvolvimento, de acordo com o que eu desejar, e subir meus arquivos sem medo de ter algum tipo de incompatibilidade ou falta de recursos. Isso tudo ainda fica mais garantido se a equipe de desenvolvedores utilizar o Vagrant, mas isso é assunto para outro post, ok? (me cobrem, por favor)

Com relação à valores, em geral serviços de hospedagem nas nuvens sai mais caro sim, mas dependendo da situação (tipo de aplicação, cliente, etc), é muito mais interessante optar por esta opção. Empresas como a Amazon ou a DigitalOcean aplicam tarifas bem em conta pelos serviços prestados, sendo a segunda quase o preço de hospedagem compartilhada. (A DigitalOcean é ainda mais barata que a Amazon, mas ainda não a testei, não posso dizer se é melhor ou não).

Acredito que neste ponto já tinha convencido meu amigo, portanto vou parar por aqui. Se tiverem ideias sobre o assunto, ou dicas de outros hosts com bom custo/benefício, compartilhem aqui nos comentários, serão todas bem vindas com certeza!


Publicado em Desenvolvimento, Hospedagem
Volte Sempre!
Meus artigos te ajudaram de alguma forma e você não sabe como me agradecer? Que tal me pagar uma Coca-Cola bem gelada?

Sobre o autor

Me chamo Ricardo Brusch, sou programador e desenvolvedor de sistemas para internet. Também sou aspirante a escritor, e você pode ler alguns de meus contos malucos em contos.ricardobrusch.com.br.
Parceiros





Publicidade