Ubuntu Edge

Olá, amigos leitores. Primeiramente gostaria de pedir desculpa pela falta de postagens seguidas como foi até semana passada, pois estou envolvido em um projeto pessoal consideravelmente grande, e está sobrando pouco tempo para escrever tutoriais, artigos e tudo o mais…

O que escreverei hoje não vai ser um tutorial, mas sim um bom artigo sobre o Ubuntu Edge. Mas antes de tudo, o que é o Ubuntu Edge?

A Canonical, a empresa responsável pelo Ubuntu (uma das principais distribuições do Linux), iniciou um projeto onde a ideia principal seria trazer toda a funcionalidade de um computador rodando Linux para dentro de um smartphone, e que este também não perdesse suas principais funcionalidades, aquelas que qualquer aparelho rodando um Android possui hoje. Pois bem, com esta ideia na cabeça, a empresa propôs a criação do Ubuntu Edge, uma poderosa plataforma que bateria de frente com o (lixo do) iPhone 5 e o (interessante) Galaxy S4. Ainda por cima, esta plataforma contaria com recursos únicos que apenas um computador com Linux pudesse proporcionar ao usuário.

 

O Projeto

Não há como negar que a ideia é extremamente poderosa e se o projeto sair do papel, estamos perto de uma grande evolução no mercado dos smartphones. Porém para tal, a Canonical lançou uma campanha que visa arrecadar fundos o suficiente para dar o pontapé inicial na fabricação dos aparelhos. E este pontapé ira sair por nada menos que 32 milhões de dólares! Sim, é um valor bem alto, e deve-se levar em consideração que eles estipularam o prazo de UM MÊS apenas para alcançar a meta. Nos primeiros dias, o avanço das doações foi tão grande que parecia que ia ser fácil, mas a empolgação do pessoal foi diminuindo conforme os idealizadores da ideia foram aumentando o valor do smartphone. No inicio, ele custaria quando lançado o valor exato de 600 dólares, e este valor chegou a alcançar mais de 800 dólares em menos de uma semana. Um balde de água fria para os entusiastas da ideia. A Canonical acabou diminuindo e fixando o valor (e conforme informado não será mais alterado) em 695 dólares. Infelizmente, se o projeto sair do papel for comercializado, já sabemos que devido a grande carga tributária, o smartphone irá custar a mesma média de valor dos seus concorrentes hoje no Brasil (em torno de 2.500 reais, obrigado Dilma!).

Veja abaixo uma imagem do Ubuntu Edge:

 

ubuntu-edge

 

Bonitão né? Que tal vê-lo em 3D agora? Uma ferramenta que utiliza HTML5 e o OpenGL permite a criação de modelos 3D incríveis. Aproveite e veja neste link o modelo Edge de todos os ângulos.

E agora, que tal dar uma olhada nas especificações técnicas do aparelho? Veja a tabelinha que “surrupiei” do site da IndieGoGo

 

tabela-comparativa-ubuntu-edge

Tabelinha comparativa – Um show de bola na concorrência, hein?

 

Pois bem, deu pra ver que ele será extremamente potente, e melhor que seus concorrentes em quase todos os aspectos. Acredito que este aparelho valha o seu valor (em dólares), e gostaria de ter condições financeiras para patrocinar o projeto com uma boa doação. Se você puder ajudar, há vários tipos de doação que podem ser feitas, e em algumas delas você pode inclusive ser “premiado” por isso. No site da IndieGoGo há um contador de doações, e perceba que infelizmente estamos próximos do prazo final estipulado pela Canonical e estamos com menos de 35% do valor estipulado para colocar este produto nas lojas. Conforme a empresa, se isto ocorrer, será lá por meados de Maio de 2014. Se você quiser ajudar a financiar o projeto, veja a tabelinha de doação na lateral direita do site, e escolha a sua quantia. Vale lembrar que para aqueles que doarem 10 mil dólares (uau!), será concedido um dos primeiros Ubuntu Edge fabricados e numerados. Serão apenas 50 unidades numeradas, e até o momento da escrita deste post tinham sido “vendidas” apenas 6, portanto se você quer o UE número 7, corre lá com seu cartão de crédito internacional e doe 10 mil dólares, rápido! (hehehehehehe)

 

Desejo muito que este projeto alcance sua meta e seja lançado o mais breve possível, mas se levarmos em consideração o avanço atual de doações, não creio que seja alcançada a meta, e após isto só nos resta torcer para que os altos executivos da Canonical desembolsem um pouquinho de sua fortuna, completem o valor que possivelmente irá faltar e coloquem em ação o projeto mais aguardado pelos fãs do Linux (principalmente do Ubuntu) nos últimos anos!

 

Aproveite e deixe aí sua opinião à respeito do projeto! Ficarei feliz em receber seu feedback!


Marcado com:
Publicado em Android, Ubuntu
Volte Sempre!
Meus artigos te ajudaram de alguma forma e você não sabe como me agradecer? Que tal me pagar uma Coca-Cola bem gelada?

Sobre o autor

Me chamo Ricardo Brusch, sou programador e desenvolvedor de sistemas para internet. Também sou aspirante a escritor, e você pode ler alguns de meus contos malucos em contos.ricardobrusch.com.br.
Parceiros





Publicidade